AltaVista
Google

Capítulo 16. Ambiente do servidor em tempo de execução

Sumário
16.1. A conta de usuário do PostgreSQL
16.2. Criação do agrupamento de bancos de dados
16.3. Inicialização do servidor de banco de dados
16.3.1. Falhas na inicialização do servidor
16.3.2. Problemas na conexão do cliente
16.4. Configuração em tempo de execução
16.4.1. Locais dos arquivos
16.4.2. Conexões e Autenticação
16.4.3. Consumo de recursos
16.4.4. Log de escrita prévia (WAL)
16.4.5. Planejamento de comando
16.4.6. Relato e registro de erros
16.4.7. Estatísticas de tempo de execução
16.4.8. Padrões de conexão do cliente
16.4.9. Gerenciamento de bloqueio
16.4.10. Compatibilidade de versão e de plataforma
16.4.11. Opções pré-definidas
16.4.12. Opções personalizadas
16.4.13. Opções do desenvolvedor
16.4.14. Opções curtas
16.5. Gerência dos recursos do núcleo
16.5.1. Memória compartilhada e semáforos
16.5.2. Limites de recursos
16.5.3. Sobre-alocação de memória no Linux
16.6. Parada do servidor
16.7. Conexões TCP/IP seguras com SSL
16.8. Conexões TCP/IP seguras por túneis SSH

Este capítulo mostra como configurar e executar o servidor de banco de dados, e as interações do servidor com o sistema operacional.

16.1. A conta de usuário do PostgreSQL

Como todos os outros processos servidor (daemon) [1] que podem ser acessados pelo mundo exterior, é aconselhável executar o PostgreSQL sob uma conta de usuário em separado. Esta conta de usuário somente deve possuir os dados gerenciados pelo servidor, não devendo ser compartilhada por outros processos servidor; por exemplo, é uma má idéia utilizar o usuário nobody. Não se aconselha instalar executáveis cujo dono seja este usuário, porque sistemas comprometidos poderiam modificar seus próprios binários.

Para adicionar uma conta de usuário Unix ao sistema, deve ser procurado o comando useradd ou adduser. Normalmente é utilizado o nome de usuário postgres, que também é o nome assumido nesta documentação, mas se for preferido pode ser utilizado outro nome.

Notas

[1]

daemon — um programa que em vez de ser chamado explicitamente fica adormecido aguardando acontecer alguma condição. The Jargon File (N. do T.)

SourceForge.net Logo CSS válido!